Os benefícios da dança para as crianças

Muitas escolas já possuem aula de dança em seu programa e muitos pais podem não imaginar o quão benéfico isso pode ser para seus filhos, mas seus problemas acabaram! Hoje iremos falar sobre os benefícios da dança para as crianças e até você vai ficar com vontade de se matricular em uma escola de dança.

Share Button

Os benefícios da dança para as crianças

Sam Aronov / Shutterstock.com

 

Uma das primeiras formas de expressão do homem foi a dança. Linguagem gestual, sinais, expressões e ritmos são utilizados instintivamente como meio de interação e comunicação desde que o mundo é mundo. A dança acompanhou a evolução da civilização e com o passar do tempo foi ganhando mais visibilidade. Hoje sabemos que existem diversos tipo de danças, alguns estão relacionados às características regionais e outros ligados aos tipos de músicas, mas dança não é apenas isso e vamos te explicar o por quê hoje.

 

Durante a infância a criança está evoluindo e se desenvolvendo em muitos aspectos. Algo muito importante nessa fase é a expressão corporal, comumente ligada à dança, pois é um momento em que a criança conhece seu corpo e suas possibilidades, a noção de espaço e estimula a coordenação motora. A dança, aliada à música, proporciona tudo isso de uma forma prazerosa e divertida aos pequenos.

 

Sabendo disso, muitas escolas já possuem aula de dança em seu programa e muitos pais podem não imaginar o quão benéfico isso pode ser para seus filhos. É importante ressaltar que a aula de dança nas escolas infantis não visa formar bailarinos, mas sim proporcionar à criança um espaço para que ela possa se expressar e socializar, sendo assim um facilitador para o desenvolvimento de várias capacidades.

 

Conheça os benefícios da dança para as crianças

 

Coordenação motora: com a dança a criança terá mais consciência sobre seu corpo, isso irá ajudá-la a conseguir mais precisão nos movimentos do dia a dia, um benefício para o resto da vida.

Estímulo cerebral: movimentar o corpo é uma forma de conduzir informações ao sistema nervoso central, e como a dança é feita de movimentos podemos concluir que é um momento em que o cérebro está trabalhando a todo vapor.

Corpo saudável: na dança manter a postura é essencial, e na vida também né? Porém, no dia a dia acabamos esquecendo isso, e com essa atividade a criança irá aprender a movimentar seu corpo corretamente, o que se tornará um hábito.

Formação cultural: já falamos por aqui que a dança tem muita influência regional, e ao aprender isso a criança estará em contato com diferentes culturas e irá aprender sobre a história de outros povos, o que é muito enriquecedor.

Desinibição: crianças inibidas tendem a se soltar mais na dança e posteriormente levar isso para seu dia a dia, isso acontece pois é um momento em que a expressão livre e sem preconceitos é estimulada, a criança lida com a criatividade e a socialização o tempo todo e acaba perdendo certo temores e vergonhas que tinha até então.

Liberdade: na dança a criança é estimulada a trabalhar seu corpo em diversos movimentos e ritmos. Para isso ela será incentivada a lidar com o diferente e aprender a se expressar sem medo de ser julgada, tudo isso de uma forma divertida e sem cobranças.

 

A dança e seus estímulos

 

Os benefícios da dança para as crianças

 

Estímulo visual: ver movimentos e colocá-los em prática;

Estímulo auditivo: prestar atenção ao som da música e fazer movimentos dentro do seu ritmo;

Estímulo tátil: sentir seu corpo em movimento e seus benefícios;

Estímulo cognitivo: coordenação, ritmo e raciocínio rápido.

Estímulo afetivo: transformar sentimentos e sensações em movimentos corporais;

Estímulo motor: conhecimento corporal, coordenação motora, equilíbrio e flexibilidade.
E para finalizar nosso assunto de hoje, que tal ver uma pequena mostrando todo seu gingado em sua apresentação de dança na escola? Ela nos mostra que o mais importante é se divertir.

Ah só mais uma coisa, se você tem um pequeno em casa e se animou com o assunto, segue a sugestão de uma música bem divertida para dar o play e começar a dançar agora mesmo 🙂

Fontes: ICPG, Educar para Crescer, Quem ama educa.

 

Share Button