Escola Nova: como lidar com essa transição

O fim do ano se aproxima e muitos pais já começam a pensar na mudança de escola dos filhos. Seja pela mudança de casa ou insatisfação com a escola atual. Os motivos podem ser muitos, mas uma coisa é certa: o momento é de apreensão para os pais e pequenos. Qual a escola ideal? Será que fiz a escolha certa? Como a criança irá lidar com a mudança? Será que vão se adaptar facilmente? Saiba como lidar com essa fase de transição.

Share Button

escola nova - tricae

 
O fim do ano se aproxima e muitos pais já começam a pensar na mudança de escola dos filhos. Seja pela mudança de casa ou insatisfação com a escola atual. Os motivos podem ser muitos, mas uma coisa é certa: o momento é de apreensão para os pais e pequenos. Qual a escola ideal? Será que fiz a escolha certa? Como a criança irá lidar com a mudança? Será que vão se adaptar facilmente? Todos esses questionamentos são comuns nessa fase, pois mudanças irão acontecer não só na vida escolar da criança, mas também no convívio social que ela terá nesse novo ambiente. Se você está lendo este post e pesquisando sobre o assunto mostra que está no caminho certo, pois está preocupado em fazer com que a transição para uma escola nova ocorra da melhor maneira possível.

 

Um bom exercício para os pais conseguirem entender como lidar com seus filhos nessa fase é se colocar no lugar deles e refletirem sobre essa situação. O estranhamento das crianças durante a mudança de escola é normal, mas irá passar com ajuda dos pais, seja os encorajando, auxiliando no que for necessário e dizendo que os compreende. As crianças passarão por muitas mudanças ao longo da vida – transições do berçário para a Educação Infantil, da Educação Infantil para o Fundamental I, do Fundamental I para o II, do Fundamental II para o Ensino Médio – e terão que aprender que isso é normal. Eles irão sentir essa mudança por vários fatores: se distanciar dos amigos, da equipe da escola que já conhece, nova metodologia da escola e horários novos.

 

Mesmo que essa mudança possa parecer inicialmente difícil para a criança, é preciso que os pais não se deixem abater ou desistir, afinal os pais sabem o que é melhor para os filhos e quando se fala em educação o assunto não pode ser tratado com desprezo. Afinal, se a escola não está atendendo as expectativas é preciso procurar uma que atenda. Leve seu filho para conhecer a escola antes do início das aulas para ele se familiarizar com o local, pois sabendo onde fica sua sala, cantina e banheiros, por exemplo, a criança se sentirá mais segura e preparada, além disso deixe-a participar da compra do novo uniforme e material escolar, isso irá animá-la para encarar o primeiro dia de aula.

 

Mostre ao seu filho que você também já passou por isso e conte sua experiência de uma forma para que ele se encoraje. O papel dos pais é muito importante durante essa transição, por isso é importante que ele saiba que pode contar com você. Tente se enteirar com seu filho como estão sendo seus primeiros dias na escola nova e assim você poderá ajudá-lo melhor e aconselhá-lo no que for preciso. As crianças, apesar de toda preocupação dos pais, costumam se adaptar rapidamente na nova escola, mas sabemos que cada criança tem seu tempo e algumas fazem amizade no primeiro dia, já outras demoram um pouquinho mais, por isso o acompanhamento de perto dos pais é mesmo importante, outra dica é perguntar aos professores como a criança está se saindo. Caso a mudança de escola não seja para muito longe da outra, mostre ao seu filho que ele poderá manter contato com os colegas da antiga escola e poderá convidá-los para passar uma tarde com ele, isso irá alegrá-lo e o ajudará a aceitar mais facilmente a mudança.

 

Uma escola nova é como se fosse um novo mundo para as crianças e apesar do estranhamento inicial e do receio em enfrentar o desconhecido, logo isso tudo não passará de uma lembrança e os novos amigos, professores e ensinamentos virão para avisar que a vida segue e que tudo vai se ajustando com o tempo.

 
 

Share Button