Atividades para alfabetização: curiosidades que facilitam o processo

Share Button

Atividades para Alfabetização - TricaeA alfabetização é um processo indispensável no desenvolvimento dos pequenos que merece uma atenção especial. Quando os bebês começam a ter maturidade suficiente para absorver a gramática do idioma, é essencial dar todo o apoio do mundo para que a criança consiga aprender a ler e a escrever.

O incentivo dos pais é importantíssimo para que os baixinhos se sintam motivados e capazes, tornando este aprendizado muito mais rápido, prático e distante de qualquer problema. Ainda assim, existem incontáveis métodos e curiosidades que podem contribuir de forma considerável no desenvolvimento do cérebro de uma criança. Muitos podem parecer ações banais do dia a dia, mas certamente fazem toda a diferença! Que tal conhecer alguns deles?

A importância da alfabetização

Atividades para Alfabetização - TricaeAntes de qualquer coisa é muito importante saber que o foco e a atenção devem ser treinados para que a criança consiga se concentrar nas atividades escolares. A alfabetização, portanto, depende da maturidade dos baixinhos e também do estímulo constante dos pais e da escola. Afinal, uma criança motivada tem muito mais vontade de aprender coisas novas. Procure mostrar ao seu filho que estudar é muito mais divertido do que ele imagina!

Ler e escrever faz parte da cultura do ser humano e ajuda muito no desenvolvimento da criança. A alfabetização só acontece por meio do estímulo do cérebro, o que é essencial para que uma pessoa fique mais madura e inteligente. Se o cérebro não trabalha, fica cada vez mais difícil de aprender coisas novas. Por isso, jogos educativos e atividades ao ar livre são indispensáveis! Essas atividades estimulam o campo visual, lógico, intelectual e motor, fazendo com que o cérebro fique em constante movimento.

Curiosidades sobre a alfabetização

Atividades para Alfabetização - TricaeMuitas pessoas incentivam a alfabetização das crianças por meio da leitura, mas a escrita também é fundamental para treinar o processo de alfabetização. Para ler, contamos com dezessete áreas do nosso cérebro, enquanto que para escrever dependemos deste aprendizado somado à outras formas de raciocínio. Neste caso, é super interessante pedir para seu filho escrever sobre um livro que leu, por exemplo, já que tanto a leitura quanto a escrita serão exercitados.

Outra grande curiosidade é em relação à idade em que a criança aprende a ler e a escrever. Não é porque ela começou antes das demais que será mais inteligente no futuro. É essencial incentivar brincadeiras lúdicas e artísticas, como desenhar por exemplo, antes do grande momento. Assim, a criança estará mais preparada quando chegar a hora de ser alfabetizada.

Também existem alguns probleminhas que deixam os pais apreensivos, mas não há nenhum motivo para isso. No início da alfabetização, muitos baixinhos apresentam dificuldades em gravar a forma de cada uma das letras e acabam escrevendo-as de forma espelhada. É comum encontrar letras invertidas – como o R e o S – no texto de uma criança. A partir dos sete anos, em média, que a criança conseguirá decorar a imagem de cada uma das letras do alfabeto para escrever corretamente.

A música e sua grande importância no desenvolvimento infantil

Atividades para Alfabetização - TricaeAs notas musicais são atividades extremamente completas que fazem toda a diferença na vida dos baixinhos. O estímulo sonoro é ainda mais completo do que as atividades para alfabetização, já que junta ritmo com vocabulário e gramática. A segmentação das palavras para encaixar a letra no ritmo também é indispensável para ler e escrever, uma vez que as crianças aprendem vocabulários novos e passam a dominar a gramática. Atividades que envolvam música, portanto, são super interessantes para o desenvolvimento infantil.

Ao ouvir músicas, independente do gênero selecionado, nosso cérebro exercita a concentração e a criatividade, além das habilidades motoras e visuais. O campo emocional também é afetado de forma positiva, o que é super interessante para a criançada. Cantar pode aumentar a autoestima e melhorar o desempenho na vida escolar e, além dessas vantagens, a música também ativa redes neuronais no cérebro, fazendo com que o lado direito e o esquerdo se comuniquem melhor.

A grande vantagem dessa boa comunicação é que os pequenos desenvolvem a arte de pensar! Por isso, não pense duas vezes antes de aumentar o volume para se divertir com o seu pequeno.

Estímulos feitos na infância são elementares para o resto da vida

Muitas das atividades artísticas trabalhadas antes da alfabetização são super importantes para o resto da vida dos baixinhos. O estímulo causado por essas atividades dão base para que os pequenos aprendam várias coisas diferentes, ou seja, fazem com que a criança aprenda outras coisas mais facilmente, como a ler e a escrever.

Uma criança precisa ser estimulada constantemente com sons, cores e informações. Ainda assim, a captação desses estímulos de forma passiva, como no caso da televisão e dos tablets, não é o suficiente. Estimular a criança a criar coisas novas por meio de desenhos e histórias faz com que a imaginação vá longe.

Ainda assim, os livros infantis, por exemplo, são bem interessantes para o desenvolvimento do pequeno, mesmo atraindo a atenção dos baixinhos de forma passiva. Aqueles que vem sem nenhuma imagem fazem com que os pequenos criem o cenário e os personagens dentro da cabeça. Ainda assim, o estímulo por meio das imagens também é bem interessante para o desenvolvimento infantil.

Por fim, o importante mesmo é separar um tempo para curtir esses momentos de aprendizado ao lado do seu filho. Elabore gincanas que envolvam músicas, brinque de criar personagens imaginários, pinte e desenhe ao lado do seu filho. A união familiar é indispensável no processo de desenvolvimento e certamente contribuirá para a alfabetização infantil, além de vários outros aprendizados ao longo da vida.
E você, já separou um tempinho para participar desses momentos com o seu filho? Deixe nos comentários suas experiências.

Fonte: http://www.paisefilhos.com.br/nossa-crianca/o-que-os-olhos-veem-o-cerebro-sente

Share Button