Saiba como incentivar as crianças a ler

Veja algumas dicas que podem tornar os pequenos apaixonados pela leitura

Share Button
incentivar crianças ler
Foto: Shutterstock

A infância é a melhor fase para aprender: que tal incentivar os pequenos a criar o hábito da leitura? Repleto de benefícios, a atividade ajuda a desenvolver o cérebro, aguça a imaginação e a criatividade, além de melhorar a comunicação por meio do contato com novos sentidos que ampliam a bagagem cultural dos pequenos. Aproveite as férias para transformar a leitura em uma grande aventura! 😉

Como inserir o hábito

Ter contato com os livros é superimportante para se familiarizar com o objeto. Volumes com texturas, fantoches interativos, encaixes e desenhos 3D são ótimas pedidas para entreter as crianças menores.

Insira a leitura da forma tradicional: lendo histórias infantis com os pequenos antes de dormir. Assim, eles se sentem curiosos para saber o desfecho. Aproveite para conversar com a criança e saber o que ela achou. Permitir que elaborem suas interpretações e significados pode ser determinante no apreço pela leitura: quando se sentem obrigadas a interpretar de um modo específico, perdem o interesse.

Seja o exemplo

Pais que leem e demonstram prazer ao fazê-lo têm mais chances de criar futuros leitores. Durante o processo de aprendizado da leitura, apresente livros com imagens e escritas e inverta a proporção de um e outro gradativamente.

Uma dica valiosa é reservar um horário na rotina da família, criando um momento de reunião para leitura. Além disso, mesmo que a criança já saiba ler, continue com o hábito de acompanhá-la e, assim, estreite os laços com ela. Dose o tempo de leitura para deixar gostinho de quero mais. Que tal incentivá-la a criar histórias e escrever seus próprios livros?

Tipos de leitura

As fábulas fazem os pequenos questionarem o mundo em que vivem logo cedo, analisar as condições de tempo e situações que desconhecem: ponto para a imaginação!

É importante escolher livros com abordagens relevantes e que gerem dúvidas, além de levá-los a bibliotecas e eventos que tenham contações de histórias. Mas a grande sacada é permitir que escolham os livros que querem ler.

Chame a atenção dos pequenos para placas e outdoors. Incentive atividades que precisem de instruções lidas para serem feitas. Proponha que eles leiam uma receita enquanto você a executa, por exemplo. Além disso, os tablets, queridinhos dos mini gamers, também têm bibliotecas virtuais. Ajude-os a se aventurar nesse espaço.
Quem sabe esse incentivo não leve a criançada a pegar um livro por conta própria num futuro próximo?

Share Button