Como ajudar a criança a parar de chupar o dedo

Fotos de bebês são muito fofas, ainda mais quando o pequeno está com o dedinho na boca enquanto dorme. Por mais que derreta o coração de muita gente, o hábito de chupar o dedo é prejudicial para a criança. Problemas de respiração, mastigação e fala são algumas consequências a longo prazo dessa prática. Separamos algumas dicas para você ajudar o seu filho nessa hora.

Share Button

Desde que está dentro da barriga da mamãe, o bebê tem o reflexo de chupar o dedo. Isso é bom, porque ele treina a sucção e quando nascer não terá problemas em se alimentar. A maioria das pessoas acha esse hábito muito fofo e soltam suspiros quando vêem a foto de um bebê com o dedo na boca. A imagem pode ser muito bonitinha, mas esconde o fato de que isso pode ser prejudicial no desenvolvimento oral da criança.

Por que meu filho precisa parar de chupar o dedo?

O ato de sugar o dedo ao longo do tempo vai transformar a arcada dentária da criança. O dedo força os dentes a se moverem para abrir espaço, o que faz com que a mordida do pequeno seja comprometida. O vídeo abaixo ilustra esse processo:

Além disso, chupar o dedo pode comprometer a respiração, a mastigação e também a fala. Com a arcada mais aberta, a criança passa a respirar pela boca e não pelo nariz, por isso todos os seus gestos, como mastigar, acabam sendo mais demorados. E na hora de reproduzir os sons, ele pode acabar trocando uma letra por outra, o que acaba prejudicando a alfabetização.

Qual é a melhor fase para acabar com esse hábito?

Quando bebês, chupar o dedo é um ato reflexivo e você não precisa ficar tirando o dedo dele a toda hora. Mas quando você perceber que ele está o tempo todo com a mão na boca, pode utilizar algumas técnicas para corrigir o hábito, como oferecer um mordedor. Assim ele se distrai com outra atividade.

Os dentistas recomendam que até os 4 anos esse hábito já não deva mais existir, então quanto antes a criança for acostumada a parar de chupar o dedo, melhor será para o seu desenvolvimento.

Como faço para que meu filho pare de chupar o dedo?

  • Ofereça a chupeta. É mais fácil fazer com que a criança largue a chupeta do que o dedo. O objeto pode ser retirado durante o sono ou para um passeio, mas o dedo sempre estará lá.
  • Arranje uma distração.  Deixe seu filho fazer atividades que exijam o uso das duas mãos, assim ele acaba esquecendo de colocar o dedo na boca. Brincar com massa de modelar e blocos de montar ajudam muito.
  • Dê muito amor. Chupar o dedo pode ser consequência da carência ou insegurança que o pequeno está sentindo. Por isso faça com que ele saiba que é muito amado por sua família.
  • Combine recompensas. Se o seu filho chupa o dedo durante a noite, proponha o desafio para que ele durma sem praticar esse hábito. Ao acordar, diga para ele se ele ganhou ou não. Os desafios podem ficar mais difíceis, como dormir três noites consecutivas sem chupar o dedo e assim por diante, até que um dia ele não sentirá mais falta desse hábito.

Evite os métodos agressivos, como colocar pimenta nos dedos ou punir o pequeno de qualquer forma. Chupar o dedo é um hábito adquirido pelo seu filho e não um problema de comportamento.

E se nada funcionar?

Antes de desistir, é preciso de paciência. É muito improvável que a criança pare com o hábito de uma hora para outra, por isso a persistência é a chave para o sucesso. Se mesmo assim o seu filho continua chupando o dedo, converse com o pediatra. Ele vai indicar qual é o melhor profissional para esse caso, como um dentista, um fonoaudiólogo ou um psicólogo.

A participação da família é muito importante nessa etapa, mostrando seu empenho em cada atividade que for passada pelos médicos.

Fontes: Minha Vida, Guia do Bebê, Pint-sized Treasures, Conversando com o Pediatra.

Share Button