Querido, o bebê está crescendo!

Se você achou que iríamos falar de algum filme, por causa do nosso título, se enganou. Nosso assunto de hoje é bem real e acontece com todas os papais e mamães, pois cedo ou tarde vai chegar a hora de tirar a mamadeira do seu bebê, mas não se preocupe que vamos dar algumas dicas do que fazer ou não fazer quando essa hora chegar.

Share Button

Tchau mamadeira

 
Querido, o bebê está crescendo!

 

Parece fala de filme, mas todo dia em algum lugar uma mãe percebe que seu bebê está crescendo e precisa ajudá-lo e muitas vezes estimulá-lo a mudar alguns hábitos no seu dia a dia. Largar a chupeta, trocar a mamadeira por copinhos e o berço pela cama, são mudanças que trarão apenas benefícios à criança, esses serão só alguns dos muitos momentos em que os pais precisarão mostrar aos filhos o caminho certo a seguir.

 

É comum, nessa fase, pais ficarem com dó das crianças, mas esse é o primeiro erro. Seus filhos só irão acreditar que aquela mudança é necessária se você passar confiança para eles. E como já falamos anteriormente, essas mudanças serão benéficas e importantes para o desenvolvimento saudável da criança. E claro, que tudo será feito gradativamente, para que a criança vá se acostumando com a ideia aos poucos.

 

Evite começar umas dessas mudanças ao mesmo tempo em que a criança esteja passando por alguma outra fase de transição, como por exemplo, a entrada na escola, retirada da fralda ou mudança de casa.

 

Mamadeira

 

Não existe uma idade ideal para retirar a mamadeira e sim um período, que vai dos 6 meses até os 3 anos. A partir dos seis meses o bebê já pode começar a tomar suco e água, essa é uma boa maneira de ir experimentando copinhos com tampa e bocal, mas sempre com supervisão e ajuda dos pais para que a criança vá devagar e não engasgue. Aos poucos a criança irá adquirindo coordenação motora e em pouco tempo conseguirá segurar seu copinho sem ajuda de ninguém, e quando isso acontecer saiba que ela estará pronta para largar a mamadeira.

 

Se a criança já tiver mais de dois aninhos o primeiro passo é explicar que ela está ficando grandinha e chegou a hora de usar copo como todo mundo em sua casa. Geralmente as crianças gostam disso, elas se sentem independentes. No meu caso, a minha filha Clara, sempre mostrou interesse em beber no copo, ela via as amiguinhas da família que eram um pouco mais velhas usando e queria imitar, então não tive grandes problemas. Porém, como nem sempre funciona assim, se tiver dificuldade, você pode dizer que muitos bebês precisam de mamadeira e nem sempre os pais podem comprar e que as mamadeiras do seu pequeno irão para esses bebês que precisam, pode até falar que irá deixar com o Papai Noel para ele entregar aos bebês, essa tática costuma funcionar.

 

É importante escolher copos adequados para essa fase da criança, com alças na lateral, tampa e biquinho duro, uma dica é deixar a criança escolher seu copo, com as cores e desenhos que ela gosta. Comece retirando as mamadeiras que a criança toma durante o dia, mantenha por um tempo a mamadeira que ela toma à noite e quando ela estiver sabendo se virar bem sozinha retire a mamadeira da noite e não volte a utilizá-la mais. Se desfaça de todas as mamadeiras para não correr o risco de ceder ao pedido da criança.

 

Vale ressaltar que a mamadeira não deve ficar disponível para a criança o tempo todo, se não ela não irá utilizá-la para se alimentar, que é para o que serve, e sim como chupeta. Não prolongue por muito tempo essa transição, afinal utilizar mamadeira por muito tempo prejudica a respiração bucal, a musculatura, ossos da boca e dentição.

 

Em breve vamos continuar nosso papo e dar dicas de como tirar a chupeta e trocar o berço pela cama, até breve!

 
 
 

Share Button