Como escolher o berço ideal

Aprenda quais itens não podem faltar na hora da compra

Share Button
como escolher o berço ideal
Foto: Shutterstock

Assim que os pequenos vêm ao mundo, o colo dos pais não será o único lugar em que devem sentir-se confortáveis. Por isso, saber como escolher o berço ideal é fundamental para não errar na compra do que será, por no mínimo um ano, companheiro de longas horas do seu filho.

Segura, peão!

Geralmente em dois tamanhos, o berço nacional tem padrão de 1,30m de comprimento por 60cm de largura contra 1,30m de comprimento por 70cm de largura do padrão americano. Para que o bebê não corra o risco de se acidentar ao colocar a cabeça entre as grades do berço, por exemplo, o espaçamento entre cada uma delas deve ter não mais que 6cm. Segundo as regras do Inmetro, a distância entre o estrado e as laterais do berço não deve ultrapassar 2,5 cm, assim o pequeno não prende as mãos ou os pezinhos.

*Preços sujeitos a alteração

Preste atenção na altura do estrado: no mínimo 60 centímetros de profundidade deve haver quando o estrado estiver no último nível. Além disso, cheque se a peça vem com manual de instalação com versão em português e instruções claras de como montá-la. E é claro, o selo do INMETRO!

*Preços sujeitos a alteração

Decisão final

Além do espaçamento correto, as barras laterais têm que ser rígidas e firmes e o móvel deve ser estável. Lembre-se de que o bebê vai iniciar a interação com o mundo segurando nas bordas e grades. Verifique se as quinas são arredondadas para evitar que o bebê se machuque. E para os papais que pensam em investir em um mosquiteiro, a dica é optar por dosséis de parede ou mosquiteiro de teto. Isso porque as versões com arco no berço podem causar sufocamento ou a criança virar o arco.

Até os três aninhos os colchões dos pequenos deve ter densidade 18. Foi o Instituto Nacional de Estudos do Repouso que disse, viu? Nem muito duro, nem muito mole. Assim como escolher berços, a medida está entre o conforto e a proteção! 😉

*Preços sujeitos a alteração

Praticidade

Versões com gavetas e bancada para trocador otimizam a funcionalidade do móvel e do quarto todo. Estimar o crescimento do pequeno é legal para escolher opções que viram minicamas e garantem o conforto da criança até aproximadamente os 6 anos.

*Preços sujeitos a alteração

 

 

 

Share Button