Papinha saudável: dicas + receitas

Depois dos seis meses de idade está na hora de começar a alimentar o seu bebê com outros alimentos, além do leite materno. O momento certo para iniciar será recomendado pelo seu pediatra e é importante seguir suas instruções. Se você está apreensiva em preparar uma papinha saudável, lembre-se que a simplicidade é sua aliada e que a Tricae te ajuda em todas as fases dessa nova etapa.

Share Button

Quando o pediatra fala que está na hora de introduzir a papinha na alimentação do bebê há as mamães que comemoram, porque vão poder preparar receitas deliciosas, e há aquelas que ficam apreensivas em como fazer uma papinha saudável. Se você está no time das mamães apreensivas, fique tranquila, pois separamos algumas receitas fáceis e nutritivas para fazer para o seu pequeno! E se você é daquelas que está animada também pode chegar, afinal novas receitas de papinhas nunca são demais, né?!
 
A maioria dos médicos indica começar com as papinhas doces e depois introduzir as salgadas na alimentação, e é sempre importante seguir as recomendações do seu pediatra, já que ele tem bastante contato com o bebê.
 
Prefira oferecer a papinha com consistência de purê ou sopinha no início. Com o passar do tempo, você não vai precisar mais amassar os alimentos ou bater no liquidificador, pois o indicado é deixar pequenos pedaços para desenvolver a mastigação do bebê. O pequeno pode estranhar a textura e o gosto, porque ainda está acostumado com o leite materno, mas logo vai se deliciar com tanta coisa gostosa.

 
RECEITAS
 

  • Papinha saudável doce

As papinhas doces são rápidas e práticas de fazer e a possibilidade de combinações são inúmeras. Todas as frutas possuem diferentes vitaminas que ajudam seu filho a crescer com saúde. Dica: comece com as frutas mais doces e depois ofereça as cítricas.

 

  • Papinha saudável salgada

As papinhas salgadas podem dar um pouco mais de trabalho, já que envolvem o cozimento dos legumes e vegetais, mas não exigem dotes culinários ou técnicas profissionais. O sal não precisa aparecer no primeiro momento – o mais indicado é evitar o sal o máximo que puder.


Como envolve a mastigação, a papinha de carne moída é recomendada para quando os sólidos forem introduzidos.

 

DICAS

– Não é indicado congelar as papinhas de frutas, porque elas perdem os nutrientes que o bebê precisa.

– Introduza novos alimentos na dieta do bebê com intervalo de 3 ou 4 dias. Assim, se ele tiver alguma reação alérgica fica mais fácil de identificar o que foi que causou.

– Lembre-se que o estômago do bebê é bem menor do que o seu. Então, quando ele rejeitar aquela papinha deliciosa é porque está com a barriguinha cheia.

– Para acompanhar a comida, você pode oferecer um pouquinho de água ou leite materno.

 

Importante: o Ministério da Saúde recomenda o aleitamento materno exclusivo até os seis meses de idade.

 

Se fizer alguma das receitas, conte pra gente. E se você tiver alguma foto do seu bebê todo lambuzado de papinha, vamos adorar ver! Compartilhe sua foto com a gente no Instagram com a hashtag #tricaebr e #blogtricae
 
 

Share Button