Chá na gravidez

O chá é uma bebida prática que pode ajudar no mal-estar e curar alguns sintomas, mas nem todos são indicados para grávidas. Algumas ervas quando consumidas podem causar taquicardia na mãe ou malformação no bebê, principalmente durante o primeiro trimestre da gestação. Separamos para você o que é indicado e o que não é recomendo quando o assunto é chá na gravidez. Na dúvida, evite o consumo.

Share Button

O chá é uma bebida que muitas vezes é utilizado para aliviar sintomas, como cólicas e resfriado. Quando consumido quente, acalma e traz uma sensação boa. É uma especiaria que acompanha nossa sociedade há muuuuito tempo e era o “remédio” certo das nossas avós e mães. Porém, por mais que ele pareça inofensivo, algumas ervas usadas para fazer chá não são benéficas para as grávidas e nessa hora todo cuidado é pouco, não é?
 
Entre os liberados estão os chás de erva doce, camomila, erva cidreira, alfazema e capim-limão. Mas mesmo que sejam naturais, eles devem ser consumidos com moderação. Tomar chá em excesso pode trazer complicações para a futura mamãe, como infecção urinária, e também para o bebê.
 
Chás não recomendados para gestantes

Chá preto, verde, branco, mate – aceleram o metabolismo, podendo causar mal-estar e taquicardia. O melhor é evitar qualquer chá na gravidez que possua cafeína.
 
Chá de canela – provoca contrações musculares no útero e constrição sanguínea. O uso de canela em geral não é recomendada durante a gestação, porque pode causar alguns transtornos no desenvolvimento fetal.
 
Chá de hortelã – pode causar o relaxamento do útero, aumentando o risco de aborto, e durante a amamentação diminui a produção de leite.

 
Na maioria dos casos ingerir uma pequena quantidade não deve fazer mal, mas se você consumiu algum chá que não estava na lista dos “liberados”, principalmente no primeiro trimestre, fale com seu médico. Ele pode indicar alguns exames que vão detectar se houve malformação no feto.
 
IMPORTANTE: sempre consulte o seu médico antes de preparar um chá na gravidez. Na dúvida, evite o consumo.

 

Chá para o bebê

Muitas mamães têm dúvida se podem ou não oferecer chá para o bebê. Se o pequeno estiver em aleitamento materno exclusivo até os seis meses de idade, não é recomendado oferecer nenhum outro alimento ou bebida. Depois desse período, o pediatra deve ser consultado, porque nem todo chá que faz bem para a mamãe pode fazer bem para o bebê.

 
Você conhecia essas dicas, mamãe? É muito bom ficar atenta para cuidar da sua saúde, assim você também cuida do seu bebê.
 
 

Share Button